Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Taió recebeu alunos da FURB para conhecer os fósseis Heteropecten Catharinae, “as conchas"

Publicado em 23/11/2021 às 09:19 - Atualizado em 23/11/2021 às 09:20


Créditos: Assessoria de Comunicação Baixar Imagem

Na tarde da última sexta feira, 19/11, a diretora de Turismo e atual gestora do Museu Paleontológico, Arqueológico e Histórico Prefeito Bertoldo Jacobsen - MUPAH, Marina do Nascimento, recebeu no plenário Erna Heidrich da Câmara de Vereadores de Taió, turmas de diversas fases da graduação em Ciências Biológicas da Universidade Regional de Blumenau – FURB.

 

Na palestra de apresentação dos fósseis, ministrada pela convidada Marina Feliciano Peicher ex diretora do MUPAH, atualmente Coordenadora de Gestão Educacional da Escola de Ensino Fundamental Prefeita Erna Heidrich, Pedagoga e graduanda em História, estiveram presentes em torno de 40 pessoas entre alunos e professores.

 

A palestrante trouxe dados relevantes sobre a descoberta, história e pesquisas das conchas Heteropecten Catharinae, bem como enfatizou a importância da preservação do patrimônio histórico, cultural e natural para a humanidade.

 

Após a apresentação, Marina do Nascimento acompanhou os alunos e professores em visita a um dos afloramentos de fósseis existentes em Taió, lá o grupo pode vivenciar a experiência de estarem em um local de pesquisa, a céu aberto, lugar onde ocorreu há milhões de anos a fossilização das conchas, sugerindo que ali um dia foi banhado pelas águas do mar.

 

Fechando a visita a campo, a diretora Marina do Nascimento enfatizou que “o município trabalha para o reconhecimento da necessidade de preservação e do sentimento de pertencimento dessa história, dessa riqueza, desse patrimônio da humanidade. E ainda informou que de acordo com a Constituição Federal de 88, os sítios históricos, inclusive os paleontológicos são considerados patrimônio cultural brasileiro, portanto o poder público em conjunto com a comunidade promoverá e protegerá o patrimônio cultural brasileiro. Zelar pela preservação é um dever de todos, o que se encontra nos afloramentos devem permanecer nos afloramentos, salvo em caso de endosso de pesquisas, com tramitação legal.”


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar