---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Mupah poderá ter acervo interativo e games

Publicado em 13/08/2019 às 11:49 - Atualizado em 13/08/2019 às 11:49


Créditos: Divulgação Baixar Imagem

O interesse de pesquisadores no Museu Paleontológico, Arqueológico e Histórico Prefeito Bertoldo Jacobsen (Mupah), em Taió, pode trazer interatividade aos acervos arqueológico e paleontológico e torná-los mais atrativo. O Município iniciou tratativas para a elaboração de projetos de digitalização de peças do museu para animação em 3D e criação de games educativos.

 

Recentemente Taió recebeu a visita da mestranda Laura Olguins de Moura, que atua com estudos de digitalização, e da doutoranda Marcia Regina Battistela, que se dedica aos estudos de gamificação, elas vieram acompanhadas do arqueólogo e PhD Rossano Lopes Bastos, onde manifestaram o interesse pela aplicação dos estudos em Taió.

 

Nesta semana representantes da Secretaria Municipal de Educação, e do Mupah visitaram o laboratório da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que atua em projetos com ênfase em tecnologia, o DesignLab, para conhecer melhor como funciona a aplicação dos projetos.

 

A diretora do Mupah, Marina Feliciano Peicher comenta que os projetos serão buscados pelas próprias pesquisadoras, a intenção é que a inclusão da tecnologia permita que os conteúdos possam ser integrados de forma multidisciplinar. “Nesses games as crianças vão jogando e aprendendo a história, a intenção é fazer o game em cima da história aqui de Taió, para que elas se sintam parte do game”, informou.

 

As pesquisadoras serão coordenadas pelo professor Milton Luiz Horn Vieira, que é o coordenador do DesignLab na UFSC.

 

Jornalista: Albanir Júnior

__________________

MTE 0004222SC